As novidades Honda nesses primeiros 3 meses do ano.

/, Lançamentos, Notícias/As novidades Honda nesses primeiros 3 meses do ano.
CG 160 Start
A CG 160 Start 2016 incorporou o já confiável motor monocilíndrico OHC (Over Head Camshaft), a gasolina, quatro tempos, arrefecido a ar e com comando de válvulas no cabeçote. Sem alteração de peso, teve potência aumentada de 14,2 cv a 8.500rpm para 14,9 cv a 8.000rpm e o torque passou de 1,32 kgf.m a 6.500rpm para 1,40 kgf.m a 6.000rpm.
Com a nova configuração o motor atinge a máxima performance em menores faixas de rotação, o que confere melhores marcas de consumo além de melhores repostas em retomada e aceleração. Todo o conjunto já atende à segunda fase do PROMOT 4 (Programa de Controle da Poluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares), em vigor desde janeiro.
A CG 160 Start chega em versão única (somente freio tambor) nas cores vermelha e preta em toda rede de concessionárias da marca a partir de abril. O preço público sugerido é de R$7.390,00, base estado de São Paulo.
SH 300i – preço definido: R$ 23.590
A Honda anunciou o preço de sua nova scooter nacional, a SH 300i. O modelo terá preço público sugerido de R$ 23.590,00, estará disponível a partir de abril em toda rede de concessionárias de motocicletas da marca e contará com garantia de três anos, sem limite de quilometragem, com óleo gratuito em sete revisões. A nova scooter terá as cores Branco fosco perolizado e Cinza metálico.
Apresentada pela primeira vez no Brasil durante o Salão Duas Rodas de 2015, a SH 300i, o modelo marca a estreia da Honda no segmento de média cilindrada no País. Na Europa, onde a marca mantém o principal mercado do modelo, seu legado é de sucesso e representa um dos scooters mais vendidos da categoria: em 30 anos de história, a família SH já vendeu mais de um milhão de unidades.
Uma das principais inovações está na tecnologia Smart Key, atualmente muito comum em automóveis. A Honda incorpora este diferencial que, em conjunto com sensores instalados dentro da carenagem, ativa a ignição, abertura do banco ou até mesmo o acionamento do motor quando a chave se encontra a dois metros de distância da scooter. Mais um item inédito e de alta tecnologia para o mercado brasileiro, que visa oferecer ainda mais conforto e comodidade ao consumidor.
Honda XRE 300 2016: poucas mudanças em relação ao ano passado
Com informações Infomoto
Poucas mudanças na nova XRE 300. Visível são as novas aletas do tanque, que tem linhas mais angulosas. Outras novidades incluem a tampa de combustível articulada, novos comandos nos punhos e um painel inédito do tipo blackout, como as telas dos smartphones. Com o novo formato, a capacidade do tanque também aumentou 200 ml: passou de 13,6 para 13,8 litros. Ah sim, o preço mudou: a XRE 300 2016 tem preço sugerido a partir R$ 15.560 contra os R$ 14.936 do modelo 2015.
Nesta foto as novidades da XRE para 2016: nova tampa de combustível, comandos mais modernos nos punhos e um painel inédito do tipo blackout
No restante, a trail de 300 cc da Honda manteve as mesmas especificações mecânicas e ciclísticas. Apesar de manter a mesma arquitetura, o monocilíndrico DOHC de 291,6 cm³, com injeção eletrônica e arrefecimento a ar ganhou novo diagrama de válvulas com novos ressaltos nos comandos e novo ângulo de abertura de válvulas. Para atender às novas regras da segunda fase do PROMOT 4, entretanto, o motor flex sofreu uma pequena redução nos números de desempenho em função do catalisador com mais células por cm³: a potência agora é de 25,4 cv a 7.500 rpm com torque de 2,76 kgf.m a 6.000 rpm (gasolina), pouco menos do que os 26,1 cv e 2,81 kgf.m (a 6.500 rpm) do modelo anterior. Com etanol, a potência é de 25,6 cv e o torque de 2,8 kgf.m. O câmbio continua o mesmo de cinco marchas com transmissão final por corrente.

Repare nas linhas da carenagem que envolve o tanque e note as “diferenças” – acima o modelo 2016 e abaixo, o 2015
Além do face-lift e das (poucas) mudanças, a XRE 300 2016 passou a ter garantia de fábrica de três anos, sem limite de quilometragem, e óleo grátis em sete revisões. Claro que o “novo” modelo também tem um novo preço público sugerido. A versão standard, disponível nas cores vemelha metálica, branca e preta fosca, passou a custar R$ 15.560 – o modelo 2015 saía por R$ 14.936. Já o preço do modelo com freios C-ABS, que oferece a exclusiva roupagem Rally, passou de R$ 17.039 para R$ 17.750. Vale lembrar que esses valores têm como base o Estado de São Paulo.
2016-08-20T17:27:13+00:00 19 março - 2016|Tags: , , , |

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: