Curiosidades da Feira Internacional de Motos da China

//Curiosidades da Feira Internacional de Motos da China
Monster, mas não da Ducati: apresentamos a Yingang Monster

Monster, mas não da Ducati: apresentamos a Yingang Monster – apenas 200cc

A China não é mais o maior mercado de motos do mundo. Perdeu terreno para a Índia, tanto no consumo quanto na fabricação. Mas ainda assim, o país mais populoso do mundo mostra sua força com marcas próprias que vem conquistando a primeira vista, os consumidores locais.

Por isso a importância da China International Motorcycle Fair realizada no mês passado não é pouca. As motos chinesas podem sim influenciar de alguma forma todo o mundo num futuro próximo.

A China, assim como a Índia, se comprometeram em substituir os motores de sua frota de motos para elétricos, a Índia até 2030 e a China até 2020. Em algumas cidades chinesas as motos já estão inclusive proibidas de circular. Uma medida que parece ser bem radical.

Pesos e medidas parecem não serem tão justos. A preocupação teórica com a qualidade do ar exige bastante do mercado de motos e fecha os olhos em relação à maior fonte de energia poluidora do ar chinês: o carvão das indústrias.

Independentemente de qualquer discussão, vamos ver algumas curiosidades do outro lado do mundo:

Não, não é uma Ducati, mas parece uma. A moto embaixo dos adesivos da Ducati é uma Yingang Monster, uma das diversas motos de rua vendidas sob o nome Monster com um quadro de trellis Ducati e motores de 125cc a 200cc. (Crédito: Mike Hanlon / New Atlas)

Não, não é uma Ducati, mas parece uma. A moto por trás dos adesivos da Ducati é uma Yingang Monster, uma das diversas motos street vendidas sob o nome Monster. Com um quadro trellis Ducati a Yingang tem motores de 125cc a 200cc. (Crédito: Mike Hanlon / New Atlas)

 

Aqui sim, o estande da Yingang, com suas streets até 200cc.(Crédito: Mike Hanlon / New Atlas)

Aqui sim, o estande da Yingang, com suas streets até 200cc. (Crédito: Mike Hanlon / New Atlas)

 

Regal-Raptor é uma das marcas chinesas mais interessantes, todos já devem ter percebido, imita Harley-Davidson e visa uma gama de motocicletas de maior capacidade. Ahh a carretinha acompanha o modelo. (Crédito: Mike Hanlon / New Atlas )

Regal-Raptor é uma das marcas chinesas mais interessantes, todos já devem ter percebido, imita Harley-Davidson e visa uma gama de motocicletas de maior capacidade. Ahh a carretinha acompanha o modelo. (Crédito: Mike Hanlon / New Atlas )

 

Reparem no símbolo da Regal-Raptor na parede do estande. (Crédito: Mike Hanlon / New Atlas )

Reparem no símbolo da Regal-Raptor na parede do estande. (Crédito: Mike Hanlon / New Atlas )

 

A Hongya Dake tem como base um motor Zhenghao 200cc, embora o quadro e o estilo sejam claramente "espelhados" da KTM Duke (Crédito: Mike Hanlon / New Atlas )

A Hongya Dake tem como base um motor Zhenghao 200cc, embora o quadro e o estilo sejam claramente “espelhados” da KTM Duke (Crédito: Mike Hanlon / New Atlas )

 

Sim, é uma moto bombeiros! Baseads em uma 250 de refrigeração líquida. As motos da marca Zongshen também incluem muitas variações na mesma plataforma, como policial e militar do exército. (Crédito: Mike Hanlon / New Atlas )

Sim, é uma moto bombeiros! Baseada em uma 250 de refrigeração líquida. As motos da marca Zongshen também incluem outras variações na mesma plataforma, como policial e militar do exército. (Crédito: Mike Hanlon / New Atlas )

 

Este tipo de moto-caminhão de três rodas é comum na China, com configurações que vão desde pick-ups até táxis, ambulâncias e caminhões de carga refrigerados. Este é o HM1 da Hanxuehanma usa um motor de 250cc, mas as capacidades do motor variam para baixo até 100cc. (Crédito: Mike Hanlon / New Atlas )

Este tipo de moto-caminhão de três rodas é comum na China, com configurações que vão desde pick-ups até táxis, ambulâncias e caminhões de carga refrigerados. Este é o HM1 da Hanxuehanma (meu Deus!) e usa um motor de 250cc, mas as capacidades do motor variam para baixo até 100cc. (Crédito: Mike Hanlon / New Atlas )

 

Lá, assim como aqui, em alguns estandes as modelos chamaram mais atenção do que as motos (Crédito: Mike Hanlon / New Atlas )

Lá, assim como aqui, em alguns estandes as modelos chamaram mais atenção do que as motos (Crédito: Mike Hanlon / New Atlas )

Informações e fotos: Mike Hanlon / New Atlas

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: