Curitibana MXF apresenta a Moto Elétrica MUV como alternativa para o trânsito

//Curitibana MXF apresenta a Moto Elétrica MUV como alternativa para o trânsito

Curitibana MXF apresenta a Moto Elétrica MUV como alternativa para o trânsito

2018-11-13T20:24:39+00:00 13 novembro - 2018|Tags: , |

Veículo é prático, sustentável e dispensa habilitação.

 

Sustentáveis e alternativa para fugir do trânsito caótico das grandes cidades, as motos elétricas ganham cada vez mais adeptos no Brasil.

Para dirigir este veículo não é necessário possuir habilitação, já que ele não se encaixa nas leis de trânsito. Com as motos elétricas é possível trafegar em ciclovias e lugares em que as bicicletas também são permitidas, mas é recomendado o uso de capacete e demais equipamentos de segurança.

Com novos modelos – Linha 2019 – já disponíveis no Brasil, o MUV (Veículo de Mobilidade Urbana) da MXF é uma opção para quem procura a solução e ainda deseja agregar ainda mais praticidade neste uso.

“O MUV é fabricado em aço carbono e é dobrável, o que possibilita ao condutor carregar ou guardar os veículos em qualquer lugar. A bateria 48V faz com que o percurso médio feito pelo MUV seja de 30 a 50 km, com uma velocidade média de até 50 km/h, afirma Luiz Henrique, diretor técnico da MXF.

Os MUVs da MXF possuem motor de 1600 watts de 1.4 CV de potência e adaptações de altura, estando disponíveis para compra online em lojas como Casas Bahia e Lojas Americanas, ou diretamente em uma revenda autorizada da fabricante: www.mxfmotors.com.br.

A MXF lançou a primeira versão do MUV em 2017 e desde então já vendeu mais de 5.000 veículos no país. Todos os produtos da empresa contam com garantia, assistência técnica e peças de reposição.

Preço sugerido: R$ 4.990,00

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião de Tudo de Motos. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Tudo de Motos se reserva os direitos de não publicar e de eliminar comentários que não respeitem estes critérios.

Deixar Um Comentário

%d blogueiros gostam disto: