Marc Márquez - o "Sheriff" da MotoGP no Texas
Marc Márquez – o “Sheriff” da MotoGP no Texas – Foto: MotoGP

Marc Márquez vence pela 5ª vez seguida o MotoGP das Américas; Valentino Rossi chega em segundo e com a queda de Viñales, assume a liderança do Campeonato. Dani Pedrosa completa o pódio.

Marc Márquez tem uma relação muito boa com os circuitos norte americanos. Com a vitória neste domingo (23/04) chegou a nada menos que 5 vitórias consecutivas, sendo que a primeira em 2013, foi disputada em Laguna Seca e as consecutivas em Austin. Com isso, ele faz história nos Estados Unidos e se assume como o “Sheriff” do circuito.

Para Maverick Viñales foi um dia para esquecer. Até então líder do campeonato, estava fazendo uma corrida de recuperação em quarto lugar, quando errou sozinho e caiu ainda na segunda volta. Nesse caso, a honra da Yamaha ficou por conta de Valentino Rossi, que fez uma excelente corrida, chegou em segundo e pela regularidade nas três primeiras corridas da temporada, assumiu a liderança da MotoGP.

Márquez, Pedrosa e Rossi durante o MotoGP das Américas
Márquez, Pedrosa e Rossi durante o MotoGP das Américas – Foto MotoGP

Por falar em excelente corrida, Dani Pedrosa foi espetacular. Já na largada, surpreendeu a todos ficando na ponta e dando muito trabalho para o seu companheiro de equipe Marc Márquez. Rossi tentava acompanhar o ritmo das Hondas, mas nitidamente ficava para trás. Tanto que o francês Johann Zarco se aproximou e por pouco não tomou sua posição. Nessa disputa, aconteceu quase um toque entre os dois. Rossi acabou saindo da pista e encurtando o trajeto. A direção de prova considerou irregular a condução de Rossi e puniu o Doutor em 3 décimos de segundos.

Pódio do MotoGP das Américas - Foto MotoGP
Pódio do MotoGP das Américas – Foto MotoGP

Indiferente a qualquer punição, depois desse “toque” Rossi acordou e passou a se aproximar de Dani Pedrosa que a essa altura já tinha perdido a liderança para Márquez. O mais estranho é que, o que fez Rossi andar mais rápido parece que surtiu efeito contrário para Zarco. Depois disso ele não conseguiu mais manter o ritmo até perder a posição para Cal Crutchlow. Já Rossi parecia ter visto na punição um motivo a mais para se aproximar e passar Pedrosa. E foi isso que ele fez. Passou e chegou a abrir distância. Os 3 décimos de punição acabaram não fazendo diferença e Rossi garantiu o segundo lugar no pódio.

A próxima etapa da MotoGP acontecerá em 7 de maio no autódromo de Jerez, na Espanha.

Jorge Lorenzo terminou em 9º. Nitidamente parece estar ainda acertando a Ducati - Foto:  MotoGP
Jorge Lorenzo terminou em 9º. Nitidamente parece estar ainda acertando a Ducati – Foto: MotoGP

Confira como terminou o Circuito das Américas –  MotoGP (10 primeiros):

1 – Marc MARQUEZ
2 – Valentino ROSSI
3 – Dani PEDROSA
4 – Cal CRUTCHLOW
5  – Johann ZARCO
6 – Andrea DOVIZIOSO
7 – Andrea IANNONE
8 – Danilo PETRUCCI
9 – Jorge LORENZO
10 – Jack MILLER

A classificação até o momento está assim (10 primeiros):

1 Valentino Rossi 56 pontos
2 Maverick Viñales 50 pontos
3 Marc Marquez 38 pontos
4 Andrea Dovizioso 30 pontos
5 Cal Crutchlow 29 pontos
6 Dani Pedrosa 27 pontos
7 Johann Zarco 22 pontos
8 Jonas Folger 21 pontos
9 Scott Redding 21 pontos
10 Jack Miller 21 pontos

2 COMENTÁRIOS

    • William meu amigo! Mas que pergunta difícil! Realmente torço para que a MotoGP tenha uma quebra de hegemonia. Mas uma vitória de uma dessas equipes, sem uma Yamaha ou Honda no pódio realmente não vou nem saber te responder! Pior ainda se colocarmos também as equipes satélites da Honda e Yamaha. Vamos solicitar ao pessoal que lida com as estatísticas para “investigar” essa resposta para você! Por hora fica lhe devendo! ABS

Deixe uma resposta