Márquez abre 37 pontos de vantagem para o segundo colocado depois da vitória na MotoGP da Catalunha. Lorenzo tem seu dia de “Ianonne” tira de uma só vez Dovizioso, Viñales e Rossi da corrida.

A etapa de Barcelona da MotoGP apresentou um festival de quedas. A corrida terminou com apenas 13 motos na pista. Márquez venceu em casa e mais uma vez impressionou pela facilidade com que consegue estar no pódio, seja nas vitórias ou entre os primeiros.

MotoGP da Catalunha

MotoGP da Catalunha: Marquez vence e abre 37 pontos para o segundo no campeonato

Mas o mais impressionante e o que deve marcar o Grande Prêmio da Catalunha foi o “strike”  de Jorge Lorenzo, companheiro de Márquez na Honda, ainda na segunda volta. Lorenzo tentava ultrapassar Vinales por dentro. Atrasou a freada e tentou seguir o traçado de Márquez, que tinha acabado de passa Dovizioso. No momento da curva, ele perde a dianteira, derruba primeiro a Ducati de Dovizioso, logo depois Vinales. No bolo das motos acidentadas Valentino Rossi quase consegue sair ileso, mas a moto de Lorenzo ainda consegue atingir Valentino.  Fim de prova para esses pilotos e alteração decisiva da classificação do campeonato, onde Dovizioso ainda buscava a segunda posição e talvez deixasse Marquez numa situação não tão tranquila.

MotoGP da Catalunha

MotoGP da Catalunha – A imagem do dia: lambança de Jorge Lorenzo tirando de uma vez Dovizioso, Rossi e Vinales

Lorenzo publicou uma nota oficial se desculpando. Márquez na entrevista coletiva, após o término da corrida, defendeu o companheiro de equipe. Marquez disse que teve “sorte” de evitar o incidente e defendeu seu companheiro de equipe de acusações de imprudência. Para ele, o acidente foi uma fatalidade normal de corrida. “Tive sorte porque superei Dovi. Dovi saiu da linha de corrida, Vinales saiu mais e Jorge entrou na linha correta, mas infelizmente perdeu a frente.”

MotoGP da Catalunha

MotoGP da Catalunha – disputa emocionante pelo segundo lugar: Petrucci, Rins e Quartararo

Voltando à corrida, apenas 13 dos 24 pilotos terminaram. A emoção ficou toda por conta da disputa pela segunda e terceira colocação entre Petrucci, Alex Rins e o novato ousado Fábio Quartararo.

Essa disputa quente se firmou até que Rins tentou uma ultrapassagem por dentro e Petrucci fechou o traçado. Rins teve que se virar para conseguir continuar na corrida, mas isso custou sua colocação na ponta. O piloto da Suzuki caiu para a sexta posição depois disso. Petrucci levou um susto grande com essa “surpresa”, saiu do traçado e logo depois Quartararo fez uma ultrapassagem sensacional em cima do piloto da Ducati. Essa ultrapassagem fez a alegria do piloto francês, conquistando o seu primeiro pódio em grande estilo.

MotoGP da Catalunha

MotoGP da Catalunha – Pódio com Márquez, Quartararo e Petrucci

Vídeo do acidente pela moto de Dovizioso:


A MotoGP da Catalunha terminou assim (10 primeiros): 

1. Marc Marquez (Repsol Honda Team)
2. Fabio Quartararo (Petronas Yamaha SRT) + 2,660
3. Danilo Petrucci (Missão Winnow Ducati) + 4,537
4. Alex Rins (Equipa Suzuki Ecstar) + 6,602
5. Jack Miller ( Pramac Racing) + 6.870
6. Joan Mir (Equipe Suzuki Ecstar) + 7.040
7. Pol Espargaró (Red Bull KTM Factory Racing) +16.144
8. Takaaki Nakagami (LCR Honda Idemitsu) + 17.969
9. Tito Rabat (Reale Avintia Racing) + 22.661
10. Johann Zarco (Corrida na Red Bull KTM) + 26.228

Classificação da MotoGP, após o Grande Prêmio da Catalunha:
1 – MARC MÁRQUEZ  140 PONTOS
2 – ANDREA DOVIZIOSO  103 PONTOS
3 – ALEX RINS  101 PONTOS
4 – DANILO PETRUCCI  98 PONTOS
5 – VALENTINO ROSSI  72 PONTOS

A próxima etapa da MotoGP acontece dia 30 de junho, no Grande Prêmio da Holanda.