Um duelo particular entre o australiano Anthony West e Alex Barros marcou a primeira corrida do SuperBike Brasil em 2019. Eric Granado com problemas na moto abandonou ainda na primeira volta.

Anthony West vence a primeira corrida da SuperBike Brasil 2019 - Foto: Sampa Fotos
Anthony West vence a primeira corrida da SuperBike Brasil 2019 – Foto: Sampa Fotos

A 1ª etapa da categoria principal do SuperBike Brasil 2019 foi marcada por um show particular entre o veterano brasileiro Alex Barros e o australiano Anthony West “Gringo”  neste domingo (24) no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Os dois ficaram nas duas primeiras posições desde a segunda volta e foram alternando ultrapassagens, até que na reta final, o “Gringo” venceu por uma diferença de 0.022s. A má notícia ficou por conta do atual campeão Eric Granado, que abandonou a prova na primeira volta com problemas técnicos.

O público que compareceu a Interlagos neste domingo (24) pôde assistir a um show de dois pilotos ex-Moto GP. Anthony West, da equipe Kawasaki e Alex Barros, da Alex Barros Racing, que competiram na principal categoria de Motovelocidade do mundo juntos em 2007, travaram uma disputa particular pelo lugar mais alto do pódio na 1ª etapa da categoria do SuperBike Brasil 2019. Os dois causavam euforia no público em Interlagos a cada final de volta, mas quem levou a melhor foi o “Gringo”, que segurou Alex na reta final e venceu por uma diferença mínima.

West e Barros fizeram uma corrida a parte.
West e Barros fizeram uma corrida a parte.

Outro piloto que poderia ter aparecido entre os primeiros colocados era o atual campeão da SuperBike, Eric Granado. Ele conquistou a SuperPole no sábado, mas teve problemas técnicos na largada e acabou abandonando a prova ainda na 1ª volta. Vale lembrar que na última corrida de 2018, Eric também não conseguiu completar com problemas na moto. No entanto, daquela vez, o piloto já era campeão da temporada. Além de Eric, Marcelo Skaf (#177), que terminou a 1ª volta na liderança, teve que abandonar a prova logo na sequência, após uma queda.

Cinco segundos atrás dos dois primeiros colocados, apareceu Pedro Sampaio, da Honda Racing Brasil, mostrando que também pode dar trabalho ao longo do ano. O uruguaio Maximiliano Gerardo ficou na 4ª colocação, seguido por Danilo Lewis (#17), fechando o pódio.

Estreando na categoria principal do SuperBike Brasil, a MG/ AD78 Yamaha Racing, representada pelo piloto Diego Pierluigi, não conseguiu concluir a prova devido a problemas técnicos.

PROVA – SBK PRO 2019 – 1ª ETAPA

1) 13-Anthony West Gringo (PRO),
2) 4-Alex Barros (PRO), a 0.022
3) 28-Pedro Sampaio (PRO), a 5.966
4) 41-Maximiliano Gerardo (PRO), a 10.000
5) 17-Danilo Lewis (PRO), a 11.926
6) 34-Bruno Corano (PRO), a 58.198
7) 23-Diego Viveiros (E), a 58.317
8) 83-Danilo Berto (E), a 1:11.069
9) 56-Juracy Rodrigues ‘ Black (MASTER), a 1:23.441
10) 77-Luciano Pokemon (STK1000), a 1:35.916
11) 76-Cleber Pires (LIGHT), a 1:44.260
12) 37-Iam Testa (E), a 1:44.372
13) 26-Cristiano Nogueira (MASTER), a 1 volta
14) 832-Mauriti Junior (E), a 2 voltas
15) 66-Guilherme Neto (LIGHT), a 7 voltas
16) 146-Rodrigo Dazzi (E), a 10 voltas
17) 130-Carlos Sakurai Kaka (LIGHT), a 11 voltas
18) 177-Marcelo Skaf (E), a 13 voltas
19) 51-Eric Granado (PRO), a 13 voltas
20) 84-Diego Pierluigi (PRO), a 13 voltas

Por Imprensa SuperBike Brasil

Deixe uma resposta