Danilo Lewis (#17) brilhou na 5ª etapa do SuperBike Brasil. Diante de pista molhada no Autódromo de Curitiba neste domingo (1º), o piloto da Tecfil Havoline Racing Team dominou a corrida da categoria madrinha e venceu a primeira na temporada.

SuperBike Brasil em Curitiba - Danilo Lewis (dando entrevista), Marcelo Skaff - piloto da Extreme e Alex Barros de costas.
SuperBike Brasil em Curitiba – Danilo Lewis (dando entrevista), Marcelo Skaff – piloto da Extreme e Alex Barros de costas.

Além de sobrar na pista, e cruzar a linha de chegada pouco mais de 38 segundos antes dos adversários, o #17 ainda fez a melhor volta da prova: 1min34s035. A última vitória de Lewis havia sido em setembro do ano passado, na 6ª etapa, em Goiânia, também depois de uma chuva.

Alex Barros (#4), da Alex Barros Racing, fez uma corrida de superação e acabou na segunda colocação. O esforço rendeu ao experiente piloto a liderança da SuperBike. Agora, ele tem 80 pontos, um a mais que Eric Granado. O #51 foi ausência na 5ª etapa de 2019 por conta de uma lesão no ombro. Maximiliano Gerardo (#41), da Motonil Motors, completou o pódio.

SuperBike Brasil - pódio em Curitiba - Danilo Lewis, Alex Barros e Marcelo Skaff
SuperBike Brasil – pódio em Curitiba – Danilo Lewis, Alex Barros e Marcelo Skaff

Na SuperBike Extreme, Marcelo Skaf (#177) foi o grande vencedor. O piloto da Racer X Malibu Team Racing terminou à frente de Diego Viveiros (#23), da Picoloko/PRT – Pitico Race Team, Julio Fortunato (#56), da Sport Plus Racing, Rodrigo Dazzi (#13), da ELLO Racing, e Mauriti Junior (#832), da Kawasaki.

Por: Imprensa SuperBike Brasil

Deixe uma resposta