Carlos Campano

/Tag:Carlos Campano

Terceira etapa do Arena Cross Brasil 2015 acontece neste sábado, em Ilha Comprida – SP

Carlos Campano venceu a última etapa do Brasileiro de Motocross, mas está em 3º no Arena Cross – Foto: Mau Haas
=&0=&– Estreante na lista das cidades-sede do =&1=& recebe no próximo =&2=&a terceira etapa da temporada 2015 da competição, que já está na 17ª edição. Cerca de 120 pilotos nacionais e internacionais disputarão provas em cinco categorias: Pró, MX2, Júnior, 65cc e 50cc. Uma estrutura de oito mil metros quadrados está sendo montada na Avenida Beira Mar e a programação começa às 14h, com os treinos. =&3=&

Na segunda etapa do Brasileiro de Motocross, Campano e Hector Assunção fazem a festa no Rio.

Carlos Campano vence e lidera o Brasileiro de Motocross – Foto: Mau Haas
Em um domingo de muito sol e calor em Paty do Alferes, Rio de Janeiro, rolou a =&0=&. E o dia foi perfeito para os atuais campeões brasileiros nas categorias MX1 e MX2. =&1=& ganhou as duas baterias da MX1 e assumiu a liderança do campeonato. =&2=& também venceu as duas baterias na MX2, retomando o caminho das vitórias na classe das 250. O paulista ainda pulou da terceira para a segunda colocação no campeonato.
Pódio da MX1 – Foto: Mau Haas
Apesar das vitórias duplas dos atuais campeões, houve muita disputa nas duas categorias. Campano teve a companhia de Jean Ramos e Paulo Alerto na briga pelo primeiro lugar nas duas provas. Os três imprimiram um ritmo muito forte, abrindo vantagem dos demais. Na segunda bateria, =&3=&sofreu uma queda, e assim a disputa se centralizou nos pilotos Yamaha. Destaque também para as largadas de =&4=&, que fez o holeshot em ambas as corridas.
Hector Assunção venceu as duas baterias da MX2 – Foto: César Araújo/VIPCOMM
Na MX2, cinco pilotos se destacaram na ponta. Além de Hector, subiram no pódio=&5=&, =&6=&, =&7=&e =&8=&, que fizeram grandes provas. Enzo, o mais jovem deles, teve um desempenho acima da sua média na MX2 e mostrou que está cada vez mais adaptado à 250. O atleta largou mal na primeira bateria e mesmo assim chegou em terceiro, e na segunda liderou boa parte da prova, até sucumbir a Hector.O destaque negativo ficou por conta da queda de =&9=& na primeira bateria e a de =&10=& na segunda. Dudu machucou a mão e correu com dificuldades também na segunda prova do dia, enquanto Lama teve mais azar: deslocou o ombro e precisou de cirurgia para sarar a lesão.A terceira etapa do Brasileiro de Motocross 2015 será em Canelinha, Santa Catarina, nos dias 1 e 2 de agosto.

Resultados – 2ª Etapa do Brasileiro de Motocross 2015

=&11=&=&12=&1. Carlos Campano (1-1) 2. Jean Ramos (2-2) 3. Paulo Alberto (3-4) 4. Jetro Salazar (9-3) 5. Wellington Garcia (6-5) 

MX2
1. Hector Assunção (1-1)
2. Enzo Lopes (3-2)
3. [...]  Ler Mais