Depois da Honda, a Yamaha também deixa o Superbike Brasil. O motivo segundo a nota oficial é o mesmo a morte do piloto Danilo Berto, da Equipe PRT Racing.

Yamaha R3 Cup - marca anuncia sua saída do SuperBike Brasil

Yamaha R3 Cup – marca anuncia sua saída do SuperBike Brasil

Superbike Brasil ameaçado. Obviamente, o acidente de Berto foi o sinal de alerta para algo próximo do inaceitável. Ainda no mês passado (segunda etapa do SuperBike), o piloto Mauricio Paludete, conhecido como “Linguiça” sofreu uma queda logo depois da bandeirada, no final da corrida. Chegou a ser levado com vida para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Ano passado o piloto Rogério Munera perdeu a vida também através de um acidente muito parecido com o de Paludete.

Yamaha fora do Superbike Brasil depois de morte de Danilo Berto

Yamaha fora do Superbike Brasil depois de morte de Danilo Berto

Mais segurança

As grandes marcas se retiram do que pode ser o último evento de motovelocidade no Brasil. Em 2016 o outro evento que circulava pelos autódromos pelo país, o Moto 1000 GP praticamente encerrou suas atividades devido à crise e falta de patrocínios. O sinal de alerta com acidentes tão próximos poderia ser percebido pelas grande marcas como um sinal de que todos devem tomar uma providência por mais segurança juntos.

Nota oficial da Yamaha

A Yamaha Motor do Brasil lamenta o acidente que vitimou o piloto Danilo Berto, da Equipe PRT Racing, ocorrido no domingo 26/05, no Circuito de Interlagos, durante o aquecimento da categoria Extreme do SuperBike Brasil, e presta condolências aos familiares e amigos.

A Yamaha informa que irá suspender temporariamente o patrocínio ao SuperBike Brasil e sua participação com a categoria R3 Cup. A suspensão seguirá até que a organização do SuperBike Brasil apresente medidas adicionais que efetivamente comprovem a segurança dos participantes.