Yamaha XTZ 150 Crosser: mais de de 46 mil motos deverão fazer o recall por defeito no chassi

/, Yamaha/Yamaha XTZ 150 Crosser: mais de de 46 mil motos deverão fazer o recall por defeito no chassi

Yamaha XTZ 150 Crosser: mais de de 46 mil motos deverão fazer o recall por defeito no chassi

2016-08-20T17:18:00+00:00 26 maio - 2016|Tags: , , |
Yamaha XTZ 150 Crosser: mais de 46 mil motos devem fazer o recall do chassi
Em abril de 2014 a Yamaha deu um passo de ousadia ao lançar a XTZ 150 Crosser para bater de frente com a Honda Bros. Até então, a Bros reinava absoluta na faixa das 150cc. A gente destaca o “grande passo” porque a Yamaha costuma obedecer mudanças muito lentas e pouco ousadas no Brasil. 
O lançamento que foi bastante comentado, em poucos meses foi “abafado” por uma outra grande jogada da Honda: a Bros 160.
Nessa briga por uma fatia considerável do mercado, ambas conquistaram fans no mercado, seja pelo visual, preço ou pela marca.
Dois anos depois do lançamento, a Crosser anuncia que os modelos fabricados no ano passado (2015) podem ter problema de trinca no chassi. Segundo o site notícias automotivas, mais de 46 mil modelos estão envolvidos.
A fábrica convoca então os proprietários de Crosser o recall, trocando a peça. A troca do chassi é gratuita, mas todos devem agendar o serviço em uma autorizada Yamaha.
Segue abaixo a numeração dos chassi envolvidos (2015):
Crosser E – de 9C6DG2520F0000101 a 9C6DG2520F0008800
Crosser ED – de 9C6DG2510F0000101 a 9C6DG2510F0037696

Comunicado oficial da Yamaha:

Foi identificado que, em determinadas situações de uso frequente da motocicleta, em pisos irregulares com trepidação constante, pode ocorrer uma concentração de tensão no reforço do tubo dianteiro inferior, acima dos limites projetados para o componente. Nessa hipótese, podem ocorrer trincas na peça e, em casos extremos, o seu rompimento, acarretando perda da estabilidade e risco de acidente com queda e lesões aos usuários.

Tempo médio de atendimento: 8 horas para substituição do chassi.

Para informações adicionais, consulte o site www.yamaha-motor.com.br ou ligue para 0800774 3738, no horário comercial.
Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião de Tudo de Motos. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Tudo de Motos se reserva os direitos de não publicar e de eliminar comentários que não respeitem estes critérios.

Deixar Um Comentário

%d blogueiros gostam disto: