Harley-Davidson: moto elétrica será vendida até 2021

/, Lançamentos, Notícias/Harley-Davidson: moto elétrica será vendida até 2021
LiveWire – HD – de 0 a 100 em 4 segundos – Foto Infomoto
O vice-presidente sênior de vendas globais da Harley-Davidson, Sean Cummings, confirmou em entrevista ao Milwaukee Business Journal, que em até cinco anos a companhia começará a vender sua moto elétrica, cujo projeto foi batizado de LiveWire.
Apresentada em 2014, a LiveWire foi a primeira moto elétrica fabricada pela marca. Completamente diferente de outras H-D, foi construída sobre o primeiro quadro de alumínio fabricado pela Harley, provando que as novidades da moto não se limitam ao motor elétrico de 74 cv de potência máxima. Com painel totalmente digital – parece um smartphone – a moto faz de 0 a 100 km/h em apenas quatro segundos.
Após todo o agito em torno da primeira Harley elétrica, a fábrica construiu 40 unidades que rodaram pelos Estados Unidos e depois pela Europa. Os protótipos foram disponibilizados aos clientes das concessionárias da marca que quisessem experimentar e opinar sobre a novidade. No último Salão Duas Rodas 2015, o protótipo esteve em São Paulo e foi uma das grandes atrações do estande da Harley-Davidson do Brasil.
A HD LiveWire no Salão Duas Rodas em São Paulo
Sean Cummings não deu previsão de preço do modelo, mas terá que ser competitivo. No ano passado, a Victory Motorcycles, grande rival da Harley no segmento custom nos EUA, começou a comercializar a Victory TT Empulse, (veja mais: https://www.tudodemotos.com.br/2015/08/victory-motorcycles-apresenta-primeira.html) uma esportiva também elétrica, por cerca de U$ 20.000, algo em torno de R$ 70.000
Por Infomoto
2016-08-20T17:15:00+00:00 21 junho - 2016|Tags: , , |

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: