Um incêndio destruiu as instalações da MotoE no circuito de Jerez, na Espanha. Todas as 23 motos também foram destruídas. Porém a Dorna confirma que campeonato continua.

Incêndio destruiu as instalações e as motos da MotoE em Jerez

Incêndio destruiu as instalações e as motos da MotoE em Jerez – foto: Autoportal

Um incêndio acabou com todas as motos da MotoE no início desta madrugada, por volta 00:15, horário local de Jerez de la Frontera, na Espanha. Hoje (14/03) aconteceria o segundo dia de treinos. A causa do incêndio está sob investigação. Aconteceram somente danos materiais, ninguém ficou ferido. A informação é do próprio site da MotoGP.

No primeiro dia (13/03), o brasileiro Eric Granado fez o melhor tempo e expectativa para este segundo dia eram as melhores.

Eric Granado no primeiro dia de testes de Jerez

Eric Granado no primeiro dia de testes de Jerez – foto: MotoGP

Apesar disso a Dorna, empresa responsável pela MotoGP e também pela MotoE confirmou que o Campeonato de 2019 da MotoE vai continuar com um calendário revisado. Porém, o circuito de Jerez ficará fora desse calendário.

Segue o comunicado na íntegra:

“O Mundial de MotoE é uma competição nascida da inovação, alimentada por 100% de energia renovável. Essa ambição de evoluir e experimentar novas tecnologias traz consigo um risco associado. Pode-se confirmar, no entanto, que nenhuma moto estava sendo carregada no momento do incêndio nos boxes onde ele começou.

A Dorna Sports e todos os nossos parceiros neste novo empreendimento estão empenhados em recolocar o Mundial de MotoE em ação o mais rapidamente possível, com o trabalho já em curso para começar a reconstruir e substituir equipamentos e motos perdidas no incêndio.

A MotoE vai correr em 2019 e um calendário revisado será anunciado em breve.

No entanto, está confirmado que a MotoE não irá correr no Circuito de Jerez nesta temporada”

Pilotos da MotoE 2019 - Foto: MotoGP

Pilotos da MotoE 2019 – Foto: MotoGP