Marc Marquez venceu MotoGP da Argentina com sobras. Pra ser mais exato, com 9.8 segundos de sobras para Valentino Rossi, o segundo lugar.

MotoGP Argentina - Marquez vence com folga

Marc Márquez fez do Grande Prêmio da Argentina de MotoGP um verdadeiro passeio. No caso dele, claro. Porque para quem veio logo depois, a corrida foi digamos, “normal” com disputas acirradas, ultrapassagens e até acidente na última volta.

O segundo lugar tinha tudo para ser de Andrea Dovizioso, mas uma “piscada de olho” fez com que o multi-campeão Valentino Rossi fizesse a ultrapassagem na última volta.

Rossi, aliás fez uma corrida impecável. Desde a ótima largada, o italiano da Yamaha mostrou que estava ali para brigar por pódio. A emoção, aliás ficou por conta da disputa entre o segundo e terceiro lugar. Marc Márquez depois de 5 voltas já estava muito na frente. Depois de 10 voltas então, praticamente impossível de ser alcançado.

Restou então, para todos os outros, a busca pelo pódio e por pontos. No caso de Dovizioso, essa busca tinha uma importância ainda maior. Se ele conseguisse o segundo lugar, o campeonato ficaria empatado. E foi isso que buscou desde o início. Dovizioso fez uma largada interessante e já na segunda volta estava em segundo.  Na maior parte da corrida, a briga dele foi mesmo com Valentino Rossi.

MotoGP Argentina - Rossi disputa com Andrea Dovizioso o segundo lugar

MotoGP Argentina – Rossi disputa com Andrea Dovizioso o segundo lugar

Rossi em alguns momentos teve inclusive que se preocupar com Franco Morbidelli  e Jack Miller que ameaçavam sua posição. Cal Crutchlow esteve nessa briga no início, mas uma punição praticamente tirou o piloto inglês da corrida.

Finalmente, depois de Dovizioso e Rossi revesarem algumas vezes a segunda posição, o italiano da Ducati parecia que conseguiria permanecer com o vice. Até que na última volta Rossi conseguiu uma ultrapassagem que ninguém esperava. Mais uma vez Rossi dando aula de pilotagem e fazendo sua grande torcida vibrar. Parecia que tinha saído um gol da Argentina em Termas de Rio Hondo! Ainda na  última volta um susto: Morbidelli encostou no pneu traseiro de Viñales durante disputa de posições e ambos foram para o chão. Pior para Morbidelli que teve de deixar a pista escorado.

A bandeirada para Márquez aconteceu com tanta folga que ele passou em pé, comemorando. A próxima etapa da MotoGP acontece no dia 14 de abril em Austin no Texas, no Grande Prêmio dos Estados Unidos.

 

Resultado Final (15 primeiros):

1. Marc Márquez (Repsol Honda Team) 
2. Valentino Rossi (Monster Energy Yamaha MotoGP) + 9.816 
3. Andrea Dovizioso (Missão Winnow Ducati) + 10.530 
4. Jack Miller (Pramac Racing) + 12.140 
5. Alex Rins ( Team Suzuki Ecstar) + 12.563 
6. Danilo Petrucci (Missão Winnow Ducati) + 13.750 
7. Takaaki Nakagami (LCR Honda Idemitsu) + 18.160 
8. Fabio Quartararo (Petronas Yamaha SRT) + 20.403 
9. Aleix Espargaró (Aprilia Racing Team Gresini) + 25.292 
10. Pol Espargaró (Red Bull KTM Factory Racing) + 25.679 
11. Miguel Oliveira (Red Bull KTM Tech 3) + 25.855 
12. Jorge Lorenzo (Repsol Honda Team) + 27.497 
13. Cal Crutchlow (LCR Honda Castrol) + 31.398
14. Francesco Bagnaia (Pramac Racing) + 32.893 
15. Johann Zarco (Corrida na Red Bull KTM) + 33.372